Hospital Santa Virginia - Institucional - Notícias



Como está seu coração?

Em apoio ao Dia Mundial do Coração (29/9), o Dr. Milton Serikawa, cardiologista do HSV, alerta para os principais riscos das doenças cardiovasculares

Em 29 de setembro, é celebrado o Dia Mundial do Coração. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 17,5 milhões de pessoas morrem, anualmente, em decorrência de doenças cardiovasculares, principalmente o AVC (acidente vascular cerebral) e o infarto agudo do miocárdio.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), as doenças cardiovasculares (que afetam o coração e os vasos sanguíneos) representam a principal causa de mortes no Brasil. Isso significa 30% dos óbitos registrados no país. Segundo estimativas da SBC, em 2017, morreram cerca de 384 mil pessoas por problemas cardíacos.

O Hospital Santa Virgínia (HSV) possui equipe médica e assistencial especializada no atendimento aos pacientes com cardiopatias. Também realiza os principais exames para o diagnóstico precoce e tratamento de doenças cardiovasculares.

Confira abaixo a entrevista com o Dr. Milton Serikawa, cardiologista do HSV, que explica os principais sintomas, fatores de risco e formas de prevenção das doenças cardiovasculares.

Quais são as principais doenças que afetam o coração?

Dr. Milton Serikawa: As principais doenças cardiovasculares são: Hipertensão Arterial Sistêmica (elevação anormal da pressão arterial); Doenças isquêmicas (formação de placas de gordura na parede dos vasos sanguíneos, que pode causar infarto agudo do miocárdio ou angina, caracterizada por dor no peito); Arritmias cardíacas (mudança da frequência e ritmo do coração); Insuficiência cardíaca (quando o coração não consegue mais bombear sangue suficiente para o restante do corpo); Doenças valvares (alterações das válvulas do coração, responsáveis por manter o fluxo do sangue na direção correta).

Quais são os principais fatores de risco e as formas de prevenção das doenças cardiovasculares?

Dr. Milton Serikawa: Os principais fatores de risco são: origem familiar e alterações metabólicas (não modificáveis); tabagismo, sedentarismo, dieta hipercalórica, pressão alta, colesterol elevado, diabetes mellitus, obesidade e ansiedade (modificáveis). Entre os métodos de prevenção, estão: manter uma vida ativa, com realização de atividades físicas regularmente, adoção de hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e não fumar.

Quais são os principais exames para diagnóstico das doenças cardiovasculares, realizados no HSV?

Dr. Milton Serikawa: O Hospital Santa Virgínia possui uma equipe multidisciplinar e os mais modernos recursos diagnósticos e terapêuticos, como a angiotomografia computadorizada de coronária e de aorta, considerado um procedimento de alta complexidade. Além disso, dispõe de um completo Laboratório de Análises Clínicas e realiza exames de imagens como ultrassom, ecocardiograma com doppler colorido, eletrocardiograma, teste ergométrico, Holter 24 horas, Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA) e espirometria.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Hospital Santa Virgínia

 Imprensa  Centenário  Contato
Av. Celso Garcia, 2.294 - Belenzinho - SP
Hospital Santa Virgínia © 2018