Hospital Santa Virginia - Institucional - Notícias



São João Batista

No mês de junho, a Igreja Católica celebra, pela liturgia, o nascimento de São João Batista, único santo a ser recordado pela sua natalidade. Os demais santos têm a festa celebrada no dia de sua morte.

João era filho de Zacarias e Isabel (prima de Maria, mãe de Jesus) e nasceu seis meses antes do Salvador. Sua mãe era considerada estéril, porém, viu seu sonho de ser mãe virar realidade quando Zacarias recebeu o anúncio do anjo Gabriel, que também avisou que o nome do menino seria João.

João Batista foi o grande precursor da vinda de Jesus, tanto que, ainda na barriga de sua mãe, já anunciava a chegada do menino Jesus.

“Logo que Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino saltou em seu seio, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo e exclamou em alta voz: “Tu és bendita entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre! Como me é dado que venha a mim a mãe de meu Senhor? Pois assim que chegou a meus ouvidos a voz de tua saudação, o menino saltou de alegria em meu seio. Bem-aventurada aquela que acreditou que se cumpriria o que lhe foi dito da parte do Senhor!” (Lc 1, 41-45).

O filho de Isabel iniciou sua caminhada anos antes de Jesus e, cheio do Espírito Santo, foi viver no deserto, preparando-se assim para uma nova vida por meio de oração e penitência. João pregava incansavelmente a conversão e o batismo, por isso, lhe foi dado o nome Batista.

São João Batista ainda batizou seu primo Jesus, entretanto, sabia que ele era o salvador da humanidade e que já era batizado pelo poder do Espírito Santo de Deus. “João, porém, tentava impedi-lo, dizendo: “Eu é que devo ser batizado por ti, e tu vens a mim?” (Mt 23, 14).

João era um homem de sabedoria e humildade, pois sempre soube deixar o orgulho e a soberba de lado. Também mostrou que Jesus era o caminho para a salvação, como relata o evangelho quando o chamaram de Cristo.

“João respondeu-lhes: ‘Eu batizo com água. Mas no meio de vós está alguém que não conheceis, aquele que vem depois de mim, do qual não sou digno de desatar a correia de sua sandália’. Isto aconteceu em Betânia, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando. No dia seguinte, ao ver Jesus que vinha em sua direção, ele disse: ‘Aí está o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo!’” (Mt 3,14).

João foi preso por denunciar a vida imoral do Imperador Herodes e, a pedido de sua esposa, o rei mandou decapitá-lo. A cabeça de João Batista foi entregue para Herodíades, mulher do rei, e o corpo foi enterrado pelos discípulos.

Oração a São João Batista

São João Batista, feliz precursor do Messias, que fostes escolhido por Deus para gritar no deserto do coração humano, a fim de preparar os caminhos do Senhor. Vossa vida de profeta foi marcada pela coerência com o que pedíeis do povo: penitência, conversão do coração e acolhida do Messias Salvador.

Vós, que tivestes a graça de apontá-lo como “Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” e de batizá-lo nas águas do rio Jordão, rogai por nós para que, sem nenhum fingimento, nos penitenciemos de nossos pecados e, tocados no coração por sua infinita misericórdia, abracemos um novo jeito de ser e de viver, até que um dia nos encontremos convosco, junto a Deus, na felicidade eterna. Amém!

São João Batista, rogai por nós!

Fonte: Canção Nova e Portal A12

 Imprensa  Centenário  Contato
Av. Celso Garcia, 2.294 - Belenzinho - SP
Hospital Santa Virgínia © 2018