Hospital Santa Virginia - Institucional - Notícias



Solenidade de São Pedro e São Paulo

No dia 29 de junho, a Igreja Católica comemora a solenidade de São Pedro e São Paulo, sendo uma das festividades mais antigas. Os dois santos possuem muitas datas de celebração ficando atrás apenas da Virgem Maria e de São João Batista.

Pedro era da cidade de Betsaida, na Galileia, e seu nome de origem, Simão, foi trocado quando resolveu seguir Jesus. Ele tinha como profissão a pesca, e o mestre o chamou para ser pescador de homens para o reino de Deus.

São Pedro foi um homem de personalidade forte, entretanto, inicialmente fraco na fé. Ele chegou a negar Jesus durante as acusações que resultou na crucificação do Salvador.

Mesmo assim, Jesus não desistiu dele, e Pedro firmou sua fé sendo um dos principais pregadores do Evangelho de Cristo, principalmente depois de sua ressurreição.  São Pedro escreveu duas cartas e, de acordo com a tradição, foi fonte de pesquisa para São Marcos escrever o Evangelho.

Ainda em vida, Jesus trabalhou para que Pedro se tornasse o líder e propagador da palavra, tornando-se o primeiro Papa de sua Igreja. “Pois também eu te digo: Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei minha Igreja, e os poderes do inferno jamais conseguirão dominá-la. Vou te dar as chaves do Reino dos Céus, e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus”, (Mt 16, 18-19).

Pedro teve seu martírio em uma das perseguições aos cristãos, foi crucificado de cabeça para baixo, pois, segundo ele, não era digno de morrer igual ao Salvador.

Já São Paulo, natural de Tarso, atualmente região da Turquia, recebeu uma boa educação e tornou-se um fariseu tradicional, chegando a perseguir os cristãos da época. Seu nome de batismo era Saulo.

A caminho de Damasco, Paulo se converteu quando caiu de seu cavalo e ouviu a voz do senhor.

“E Saulo, respirando ainda ameaças e mortes contra os discípulos do Senhor, dirigiu-se ao sumo sacerdote, e pediu-lhe cartas para Damasco para as sinagogas, a fim de que, se encontrasse alguns daquela seita, quer homens quer mulheres, os conduzisse presos a Jerusalém. E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu. E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, porque me persegues? E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões. E ele, tremendo e atônito, disse: Senhor, que queres que faça? E disse-lhe o Senhor: Levanta-te, e entra na cidade, e lá te será dito o que te convém fazer”, (At: 9 ,1-6).

A partir daí, Paulo se tornou um dos principais propagadores dos ensinamentos de Cristo. Conhecido como o advogado dos pagãos, escreveu 13 cartas. De perseguidor, passou a ser perseguido e foi decapitado.

São Pedro e São Paulo são considerados as colunas da Igreja de Jesus Cristo.

Fonte: Canção Nova e Portal A12.

 Imprensa  Centenário  Contato
Av. Celso Garcia, 2.294 - Belenzinho - SP
Hospital Santa Virgínia © 2018