Hospital Santa Virginia - Institucional - Notícias



Vai começar a correr? Primeiro faça uma avaliação médica

Veja orientações de especialistas do HSV para prevenir lesões e problemas cardíacos

A corrida é um esporte que tem ganhado cada vez mais adeptos. Os benefícios são inúmeros, como perda de peso, melhor qualidade de vida e bem-estar, prevenção da osteoporose, hipertensão arterial, diabetes e doenças cardíacas. Porém, antes de começar a correr, é importante fazer uma avaliação médica e os exames necessários para atestar as condições de saúde. Assim, evitará possíveis riscos de lesões ou de mal-estar durante as atividades.

O primeiro passo é agendar consulta com os médicos especialistas em Cardiologia e Ortopedia. Os exames mais indicados são o teste ergométrico e o eletrocardiograma, para verificar a capacidade cardiopulmonar e a aptidão física. É recomendável repeti-los periodicamente, conforme orientação médica. Vale ressaltar a importância do acompanhamento profissional e individualizado para a prática esportiva, aumentando a segurança e o rendimento.

“O joelho é uma articulação que apresenta alta incidência de lesões, ocasionadas por traumas, movimentos repetitivos, realização de atividades físicas sem orientações e por sobrepeso”, alerta o Dr. Fabio Veiga, ortopedista do Hospital Santa Virgínia (HSV). O diagnóstico das lesões é feito por meio de avaliação física especializada e de exames complementares, como radiografias e ressonância magnética.

Já para conferir o bom funcionamento do coração é importante o questionamento sobre os sintomas sugestivos de doenças cardiovasculares, além do histórico familiar. Sintomas que podem aparecer durante a prática de atividade física (como desmaios, dores no peito e palpitações) devem ser adequadamente investigados com exames complementares (por exemplo, eletrocardiograma, teste ergométrico, holter de 24 horas e ecocardiograma) para confirmar a presença e a gravidade da doença. “É essencial também a realização de um exame físico detalhado, para identificar sinais que possam estar relacionados à presença de cardiopatia, como pressão arterial descontrolada, sopro cardíaco ou ritmo irregular do coração”, orienta o Dr. Jefferson Jaber, cardiologista do HSV.

Uma boa nutrição também é fundamental para o melhor desempenho e qualidade de vida dos praticantes de corrida. Consulte um nutricionista e verifique a dieta mais adequada para seus objetivos.

Siga essas orientações, respeite o seu ritmo e boas corridas!

Fonte: Assessoria de Comunicação do Hospital Santa Virgínia

 Imprensa  Centenário  Contato
Av. Celso Garcia, 2.294 - Belenzinho - SP
Hospital Santa Virgínia © 2018