Hospital Santa Virginia - Institucional - Notícias



A sua saúde não pode esperar!

Hospital Santa Virgínia alerta para a importância de procurar atendimento médico imediato, para não haver agravamento dos sintomas e riscos ao paciente

O Hospital Santa Virgínia (HSV) detectou que muitos pacientes têm retardado a vinda ao hospital em decorrência do receio de adquirir o novo Coronavírus, o que tem causado graves consequências. Esclarecemos que o Pronto Atendimento do HSV possui fluxos e equipe assistencial independentes para pacientes com ou sem suspeita de Covid-19. Além da separação física das áreas destinadas a atendimento de pacientes com Coronavírus, o HSV segue um protocolo de investigação clínica e por exames de imagem para garantir a sua segurança.

Orientamos que se dirijam imediatamente ao Pronto Atendimento em caso de quaisquer dos sinais ou sintomas abaixo: 

- Febre, mesmo que baixa e isolada, ou sintomas respiratórios como tosse ou falta de ar, que podem indicar infecção por Coronavírus. Evidências iniciais sugerem que certas medicações administradas precocemente podem evitar doença grave e reduzir o risco de ventilação assistida;

- Alterações da fala, rosto assimétrico e/ou redução da força de membros podem indicar um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O HSV dispõe do mais moderno protocolo de tratamento para o AVC. Contudo, para reduzir a chance de sequelas neurológicas, o atendimento deve ser o mais rápido possível; 

- Dor no peito, no queixo ou até mesmo nos membros superiores pode ser sinal de infarto agudo do miocárdio. Quanto mais rápido o tratamento, menor o risco de morte e perda do músculo cardíaco por falta de suprimento sanguíneo, o que pode ocasionar insuficiência cardíaca para toda a vida; 

- Desmaios ou tonturas podem ser causados por alteração do ritmo do coração com potencial de induzir AVC ou parada cardíaca;

- Dor na região lombar e cólica podem ser sinais de cálculo renal, com risco de comprometer a função dos rins ou induzir a infecções graves;

- Ardência ao urinar, dor lombar e calafrios podem ser sinais de infecção urinária, uma das principais causas de sepse, a infecção generalizada;

- Quedas podem causar graves fraturas, principalmente em idosos. Ao sentir dor localizada ou inchaço, é recomendado procurar atendimento médico;

- Inchaço e dor nas pernas podem indicar uma trombose venosa que, se não diagnosticada e tratada, pode progredir para embolia pulmonar;

- Em caso de ingestão de corpo estranho (objetos) ou intoxicação, procure imediatamente o atendimento médico.

Doenças crônicas - Em caso de doenças crônicas, como hipertensão arterial, diabetes, problemas cardiovasculares e neurológicos, faça o acompanhamento regular com o seu médico. Agende a sua consulta no Ambulatório de Especialidades do HSV pelo telefone: (11) 2799-3230. Nunca se automedique, mude a dosagem prescrita ou interrompa o tratamento por conta própria.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Hospital Santa Virgínia | Publicado em: 18/5/2020

 Imprensa  Centenário  Contato
Av. Celso Garcia, 2.294 - Belém - São Paulo/SP
Hospital Santa Virgínia © 2020